AMOR SEM A VERDADE NÃO É AMOR DE VERDADE! A VERDADE É A BASE DO AMOR!

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Roma sobre Sete Montes = A Grande Babilônia do Apocalipse

Roma sobre Sete Montes = A Grande Babilônia do Apocalipse

“Aqui o sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada.”
Apocalipse 17:9

         A cada dia observamos as profecias da Palavra de Deus (a Bíblia) sendo cumpridas à risca.

         Algumas profecias dizem respeito às atitudes dos homens:

II Timóteo 3:
1 SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.
2 Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
3 Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
4 Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
5 Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
6 Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;
7 Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.

Essas coisas sempre aconteceram, mas nunca nas proporções atuais e tudo ao mesmo tempo!

         Há cerca de dois milênios, o Senhor Jesus Cristo advertiu sobre alguns acontecimentos que precederiam à sua volta. Ele vem nas nuvens, como relâmpago que sai do oriente e se mostra até ao ocidente... O arrebatamento será muito rápido. Qualquer que se nomear na terra como “o Cristo” é um impostor. O encontro dos salvos (escolhidos) com o Senhor Jesus Cristo será nas nuvens, nos ares.

Mateus 24:
21 Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.
22 E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
23 Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito;
24 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
25 Eis que eu vo-lo tenho predito.
26 Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis.
27 Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem.
28 Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.
29 E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.
30 Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
31 E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.
32 Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.
33 Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.
34 Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.
35 O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.
36 Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.
37 E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.
38 Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,
39 E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.
40 Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro;
41 Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra.
42 Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.
43 Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.
44 Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis.

I Tessalonicenses 4:
13 Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.
14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele.
15 Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.
16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.
18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavra

O arrebatamento será como um abrir e fechar de olhos:

I Coríntios 15:
52 Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

         O Senhor Jesus Cristo voltará para ressuscitar e arrebatar todo aquele que o recebeu como Único Salvador e Senhor (João 14:1 a 6; Atos 1:11; I Tess. 4:13 a 12), depois, iniciar-se-á um período de sete anos de Grande Tribulação sobre a terra (Daniel 9:25 a 27; Sofonias 1:14 e 15; Apoc. 5: a 19:). A Palavra de Deus adverte que nunca houve nem jamais haverá dias como esses (Daniel 12:1; Mateus 24:21). Por isto, será muito mais difícil, os que estiverem em vida naqueles dias, a conversão ao Senhor Jesus Cristo. Os que se converterem ao Senhor Jesus Cristo no período da Grande Tribulação experimentarão torturas e a morte física (Apoc. 7:9 a 14). Como não sabemos o dia e a hora que o Senhor Jesus Cristo voltará, e poderá ser a qualquer momento, converta-se a Ele AGORA (Marcos 13:32; Atos 1:7; II Coríntios 6:2; Atos 17:30).

Dentre diversos acontecimentos que precederão à Grande Tribulação, o Senhor Jesus Cristo alerta sobre fomes, pestes (doenças) e terremotos. Essas coisas sempre aconteceram, mas nunca nas proporções atuais e ao mesmo tempo!


Mateus 24:
3 E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?
4 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;
5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.
6 E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.
7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
8 Mas todas estas coisas são o princípio de dores.

         Assistindo os noticiários televisivos e acessando sites de notícias, hoje (24/08/2016), lembrei-me de algumas profecias bíblicas. Não podemos olvidar a ocorrência do terremoto que devastou três cidades inteiras na Itália: Amatrice, Accumoli e Arquata del Tronto. Com certeza, o terremoto foi mais um cumprimento de profecias bíblicas.

         Haverá no período da Grande Tribulação, após o arrebatamento dos salvos, muita devastação e pragas sobre a terra.

         O texto, transcrito abaixo, de Apocalipse 16:18 a 20, informa que haverá vozes, trovões, relâmpagos e um GRANDE TERREMOTO como NUNCA TINHA HAVIDO DESDE QUE HÁ HOMENS SOBRE A TERRA. A “Grande Babilônia” está descrita como “grande cidade” que se fenderá em três partes. Diz, ainda, que “os montes não se acharam”. Que cidade é essa? Qual a sua localização?

Apocalipse 16:
18 E houve vozes, e trovões, e relâmpagos, e um grande terremoto, como nunca tinha havido desde que há homens sobre a terra; tal foi este tão grande terremoto.
19 E a grande cidade fendeu-se em três partes, e as cidades das nações caíram; e da grande Babilônia se lembrou Deus, para lhe dar o cálice do vinho da indignação da sua ira.
20 E toda a ilha fugiu; e os montes não se acharam.

         Deus nos permite entender muito sobre diversos textos figurativos em sua Palavra (a Bíblia). Nas quatro narrações do EVANGELHO (Mateus, Marcos, Lucas e João), encontramos parábolas que foram explicadas pelo Senhor Jesus Cristo aos discípulos (“E os seus discípulos o interrogaram, dizendo: Que parábola é esta? E ele disse: A vós vos é dado conhecer os mistérios do reino de Deus, mas aos outros por parábolas, para que vendo, não vejam, e ouvindo, não entendam.” - Lucas 8:9 e 10). O mesmo acontece com algumas passagens do Apocalipse.

Vamos fazer uma sintética análise no capítulo 17:1 a 18, de Apocalipse:

Apocalipse 17:
1 E VEIO um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo-me: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas;
2 Com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam na terra se embebedaram com o vinho da sua prostituição.
3 E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e tinha sete cabeças e dez chifres.
4 E a mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas e pérolas; e tinha na sua mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição;
5 E na sua testa estava escrito o nome: Mistério, a grande Babilônia, a mãe das prostituições e abominações da terra.
6 E vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Jesus. E, vendo-a eu, maravilhei-me com grande admiração.
7 E o anjo me disse: Por que te admiras? Eu te direi o mistério da mulher, e da besta que a traz, a qual tem sete cabeças e dez chifres.
8 A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra ( cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo ) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá.
9 Aqui o sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada.
10 E são também sete reis; cinco já caíram, e um existe; outro ainda não é vindo; e, quando vier, convém que dure um pouco de tempo.
11 E a besta que era e já não é, é ela também o oitavo, e é dos sete, e vai à perdição.
12 E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis por uma hora, juntamente com a besta.
13 Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta.
14 Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão os que estão com ele, chamados, e eleitos, e fiéis.
15 E disse-me: As águas que viste, onde se assenta a prostituta, são povos, e multidões, e nações, e línguas.
16 E os dez chifres que viste na besta são os que odiarão a prostituta, e a colocarão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo.
17 Porque Deus tem posto em seus corações, que cumpram o seu intento, e tenham uma mesma ideia, e que deem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus.
18 E a mulher que viste é a grande cidade que reina sobre os reis da terra.


A Grande Prostituta = Grande BabilôniaGrande Cidade
Apocalipse 17:1, 5 e 18

         Em sentido figurativo, Deus compara a “Grande Babilônia” com uma “Grande Prostituta”. De acordo com o versículo 18, de Apoc. 17:, essa “Grande Prostituta” ou “Grande Babilônia” é uma “Grande Cidade”.  Entendemos que uma prostituta se contamina com a “vendagem” do seu corpo, proliferação de doenças e a decadência moral, física e espiritual. No Apocalipse, Deus deixa bem claro que essa “Grande Cidade” é uma instituição religiosa que contamina seus fiéis de forma moral, física e espiritual (Apoc. 17:4 e 5 e capítulo 18).

         Essa “Grande Cidade” (ou “Mulher”) também é uma instituição religiosa, pois, conforme Apocalipse 17:4, 6: “estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas e pérolas (gosta da cor de sangue), “estava embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Jesus

Muitas Águas = Povos, Multidões, Nações e Linguas.
Apocalipse 17:1 e 15.
        
         A “Besta” encabeça essa “Grande Cidade”, que também é uma instituição religiosa, e consegue liderar povos de muitas nações e línguas, e é conhecida mundialmente pela sua “cidade sede”.

A Mulher = Grande Cidade
Apocalipse 17:18

         A “Mulher” é a “Grande Cidade” que “reina sobre os reis da terra”. Já vimos que a “Grande Cidade” é a mesma “Grande Prostituta” e “Grande Babilônia”. Está bem claro que “a Mulher” ou a “Grande Cidade” será um governo que regerá todos os outros países, sem impedimento algum. Com certeza, será um governo mundial aceito, espontaneamente, por todos os países, pois o texto não dá entendimento que haverá alguma tomada de reino por batalha/guerra. Na verdade, todos os governos mundiais aceitarão a liderança desse governo/reino. O texto de Apocalipse 16:13 a 15 afirma que os espíritos de demônios congregarão os governos de todo o mundo para a batalha do dia do Deus Todo-Poderoso: “E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs. Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso. Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas roupas, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas.”  Apoc. 16:13 a 15. Essa “mulher” (“Grande Cidade”) está embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Jesus” (Apoc. 17:6). Além das perseguições, torturas e assassinatos dos cristãos verdadeiros, desde a época que o Senhor Jesus Cristo esteve aqui na terra em carne, “Roma”, a partir do quarto século, encabeçada pelo Catolicismo Romano, durante a Idade Média e com a “Santa Inquisição”, assassinou mais de oitenta milhões de pessoas, apenas porque não quiseram aceitar seus dogmas diabólicos. Dentre os assassinados por “Roma” (a “Grande Cidade” assentada sobre sete montes), mais de cinquenta milhões eram BATISTAS (Leia o livro histórico “O Rasto de Sangue” de J. M. Carroll).

Essa “Mulher”, ou “Grande Cidade”, ou ainda, “Grande Prostituta” cairá em muito breve:

Apocalipse 14:
8 E outro anjo seguiu, dizendo: Caiu, caiu Babilônia, aquela grande cidade, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua prostituição.

Apocalipse 18
1 E DEPOIS destas coisas vi descer do céu outro anjo, que tinha grande poder, e a terra foi iluminada com a sua glória.
2 E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e covil de todo espírito imundo, e esconderijo de toda ave imunda e odiável.
3 Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias.
4 E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.
5 Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniquidades dela.
6 Tornai-lhe a dar como ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber, dai-lhe a ela em dobro.
7 Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto; porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto.
8 Portanto, num dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo; porque é forte o Senhor Deus que a julga.
9 E os reis da terra, que se prostituíram com ela, e viveram em delícias, a chorarão, e sobre ela prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio;
10 Estando de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: Ai! ai daquela grande Babilônia, aquela forte cidade! pois numa hora veio o seu juízo.
11 E sobre ela choram e lamentam os mercadores da terra; porque ninguém mais compra as suas mercadorias:
12 Mercadorias de ouro, e de prata, e de pedras preciosas, e de pérolas, e de linho fino, e de púrpura, e de seda, e de escarlata; e toda a madeira odorífera, e todo o vaso de marfim, e todo o vaso de madeira preciosíssima, de bronze e de ferro, e de mármore;
13 E canela, e perfume, e mirra, e incenso, e vinho, e azeite, e flor de farinha, e trigo, e gado, e ovelhas; e cavalos, e carros, e corpos e almas de homens.
14 E o fruto do desejo da tua alma foi-se de ti; e todas as coisas gostosas e excelentes se foram de ti, e não mais as acharás.
15 Os mercadores destas coisas, que com elas se enriqueceram, estarão de longe, pelo temor do seu tormento, chorando e lamentando,
16 E dizendo: Ai, ai daquela grande cidade! que estava vestida de linho fino, de púrpura, de escarlata; e adornada com ouro e pedras preciosas e pérolas! porque numa hora foram assoladas tantas riquezas.
17 E todo o piloto, e todo o que navega em naus, e todo o marinheiro, e todos os que negociam no mar se puseram de longe;
18 E, vendo a fumaça do seu incêndio, clamaram, dizendo: Que cidade é semelhante a esta grande cidade?
19 E lançaram pó sobre as suas cabeças, e clamaram, chorando, e lamentando, e dizendo: Ai, ai daquela grande cidade! na qual todos os que tinham naus no mar se enriqueceram em razão da sua opulência; porque numa hora foi assolada.
20 Alegra-te sobre ela, ó céu, e vós, santos apóstolos e profetas; porque já Deus julgou a vossa causa quanto a ela.
21 E um forte anjo levantou uma pedra como uma grande mó, e lançou-a no mar, dizendo: Com igual ímpeto será lançada Babilônia, aquela grande cidade, e não será jamais achada.
22 E em ti não se ouvirá mais a voz de harpistas, e de músicos, e de flautistas, e de trombeteiros, e nenhum artífice de arte alguma se achará mais em ti; e ruído de mó em ti não se ouvirá mais;
23 E luz de candeia não mais luzirá em ti, e voz de esposo e de esposa não mais em ti se ouvirá; porque os teus mercadores eram os grandes da terra; porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias.
24 E nela se achou o sangue dos profetas, e dos santos, e de todos os que foram mortos na terra.


As Sete Cabeças = Sete Montes e, também, Sete Reis (governantes) sobre os quais a mulher (“Grande Cidade”) está assentada”.
Apocalipse 17:9 e 10
                  
         Roma está situada, geograficamente, sobre SETE MONTES (COLINAS).

Significado de COLINA:
Fonte:
“f. Cyn.
Pequena montanha, oiteiro; encosta.
Separação das Silabas: co-li-na
Etimologia: Lat. colina
Sinônimos
cabeço, cômoro, monte, montículo, morro, outeiro.”
(grifo nosso)

==============================================================

FONTE:

“Além do mais, ela é uma cidade construída sobre sete colinas. Isso elimina especificamente a antiga Babilônia. Só uma cidade com mais de 2.000 anos tem sido conhecida como a cidade das sete colinas. Essa cidade é Roma. A Enciclopédia Católica declara: “É dentro da cidade de Roma, chamada a cidade das sete colinas, que a área completa do Vaticano está agora confinada”.

Capítulo 6 do livro

“A Woman Rides the Beast” (A Mulher Montada na Besta)
de Dave Hunt – Traduzido por Mary Schultze”


===============================================================
FONTE:
“História geral
Roma antiga - Origens: Costumes, cultura, cidadania e direito
Da Página 3 Pedagogia & Comunicação
(Atualizado em 09/05/2014, às 16h25) 13/10/200512h19
Origens históricas de Roma
A data lendária (753 a.C.) da fundação de Roma não representa o período mais antigo de ocupação do local onde a cidade surgiu. Vestígios de povoação foram encontrados e remontam à Idade do Bronze. É provável que a cidade tenha surgido de um forte erguido pelos habitantes do Lácio (latinos e sabinos) para defender-se dos etruscos, que dominavam parte da península Itálica. Roma surgiu no topo do monte Palatino e se expandiu gradualmente pelos outros seis montes vizinhos, o Esquilino, o Célio, o Quirinal, o Viminal, o Capitolino e o Aventino. Mas a cidade não parou de crescer ao longo dos séculos.”
=========================================================

“Fonte: Livro "Viaggio in Italia"  (Vittorio Azzarà - Roberta Scarpocchi - Federica Vincenti)
História de Roma
Segunda a lenda, Roma foi fundada por Rômulo, o primeiro dos sete reis de Roma, em 753 a.C. O Império Romano durou mais de mil anos, até 476 d.C. No tempo de Augusto havia mais de um milhão, talvez um milhão e meio de habitantes. Em 313 a.C. o Imperador Constantino concedeu ao cristianismo liberdade de culto e Roma tornou-se o mais importante centro do papado. Na idade média atravessou um período de decadência e seus habitantes diminuíram enormemente.
Nos séculos V e VI alcançou uma época de grande esplendor. A cidade de Roma teve uma grande expansão e foram construídos os mais importantes monumentos artísticos como, por exemplo, a Capela Sistina. No século XIX, depois do “Risorgimento” e da guerra de independência, Roma deixou de ser a capital do Estado Papal e, em 1870, com a unificação, tornou-se capital da Itália.
Os primeiros habitantes de Roma, os latinos, construíram no atual Lazio uma série de vilarejos onde viviam da agricultura e pastoreio. Um desses vilarejos, sobre sete colinas, foi chamado de Roma que significa “Cidade do rio”. Roma, de fato, encontra-se vizinha ao rio Tevere. O Tevere permitiu que Roma se desenvolvesse.
...
Em 48 a.C. cai a República e nasce o Império Romano. Durante o império de Otavio Augusto, Roma vê-se em um grande momento de paz. Sobre ele nasce Jesus Cristo, em uma província do Império Romano: a Palestina. Em todo o imenso império conquistado os romanos deixaram marcas de sua civilização. No final do século IV d.C. o Império Romano se divide em dois: Império Romano do Oriente e Ocidente. No século V, com as invasões bárbaras, o império cai.

Na idade média, Roma passa a ser importante porque se torna sede do papado. Em 1870 torna-se capital da Itália.”

=========================================================
FONTE:
VATICANO

GEOGRAFIA
O Vaticano é a sede da Igreja Católica e a residência oficial do Papa, além disso ele é o menor país do mundo.

Encravado na zona norte da cidade de Roma, capital da Itália, o Vaticano é o menor país do mundo. É a sede da Igreja Católica e residência oficial do papa. Seu nome é uma referência a uma das sete colinas da capital italiana.
Governo: Papado vitalício.
Divisão administrativa: Santa Sé (órgão supremo da Igreja Católica) e Cidade do Vaticano (sede da Igreja).
Idiomas: Italiano e Latim.

Religião: Cristianismo 100% (católicos 98%, sem filiação 2%).
Moeda: Euro.
Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola


=========================================================


A Besta = Um “Rei” (governante) = Um homem (666).
Apocalipse 17:7, 10 e 11

         A “Besta” “traz a mulher”, ou seja, a “Besta” conduz a mulher (a “Grande Cidade”). A besta é o governante (rei) dessa “Mulher” ou “Grande Cidade”. “Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.”. Apocalipse 13:18


Dez Chifres = Dez Reis que entregarão suas autoridades à “Besta” e combaterão contra o Senhor Jesus Cristo, mas serão vencidos para sempre.
Apocalipse 17:12 a 14

         Tudo isto é muito sério! A Palavra de Deus se cumpre exatamente como está escrita.

I João 1:
7 mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado.

Só o sangue do Senhor Jesus Cristo pode purificar o pecador, VERDADEIRAMENTE arrependido, de todo o pecado (I João 1:7). O mesmo Jesus ressuscitou, EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte, e voltará para arrebatar todo aquele que o recebeu como ÚNICO CAMINHO, ÚNICA VERDADE, ÚNICA VIDA ETERNA (João 14:6).

Sou SALVO PARA SEMPRE unicamente PELO SANGUE DO CORDEIRO DE DEUS (JESUS CRISTO). Tenho a certeza ABSOLUTA que sou SALVO APENAS PELA GRAÇA DE DEUS e VOU (COM CERTEZA) MORAR NO CÉU!

Tito 3:
5 não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo,

Efésios 2:
8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus;
9 não vem das obras, para que ninguém se glorie.

Se alguém quiser acreditar ou não, não mudará o fato da EXISTÊNCIA DO INFERNO ETERNO DE FOGO. A Bíblia está cheia de textos que falam sobre o inferno eterno de fogo. Muitos que não criam, estão crendo tarde demais. Não seja um dos tais que apostaram nos “eus achos” e em doutrinas diabólicas e se arrependeram tarde demais.

Deus não leva em conta os "conhecimentos" e "habilidades" terrenas, nem trata o homem de acordo com os bens que possui, mas EXIGE que TODOS, EM TODO LUGAR, SE ARREPENDAM (Atos 17:30).

Lucas 12:15
E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.

Cada um deve reconhecer que é um pecador perdido (Romanos 3:23) e, por isto, arrepender-se dos seus pecados; crê que o Senhor Jesus Cristo pagou todos os pecados de cada um de nós com o sangue dEle (I João 1:7) porque não podemos, de forma alguma, pagar um só pecado; crê que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, em carne e ossos (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte e converter-se a Ele; não a uma religião, mas ao Senhor Jesus Cristo, recebendo-o como Único e Todo-Suficiente Salvador (João 14:6).

Fique, agora, a sós com Deus... Não exija nada dEle; pois, quem somos para exigirmos algo de Deus? Com toda humildade no seu coração ESVAZIE-SE DE TUDO O QUE APRENDEU... Sinta que você é (o que todo homem é): PÓ! Diga a Deus que você não merece nem falar com Ele, quanto mais OUVIR A SUA VOZ. Agora, arrependido por ser mais um PECADOR (como todos o são), peça MISERICÓRDIA A DEUS e CREIA QUE o SANGUE DO SENHOR JESUS CRISTO É o ÚNICO PAGAMENTO POR TODOS OS TEUS PECADOS (I JOÃO 1:7). Não precisas ouvir som algum, mas necessitas sentir, em teu coração, que Deus está pronto a te ouvir! Creia, sem dúvida alguma, que o Senhor Jesus Cristo RESSUSCITOU EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39)... Romanos 10:9 e 10.

Esvazie-se deste mundo e de tudo o que te prende (amarra) a ele e sinta a sua inutilidade para salvar a sua alma... Creia, no seu coração, que JESUS CRISTO é o ÚNICO (João 14:6) que PODE, PELA SUA INFINITA GRAÇA, AMOR e MISERICÓRDIAS, SALVAR A TUA POBRE E PERDIDA ALMA, AGORA!

Ore assim, não como uma reza, com coração sincero e arrependido, a Deus: Senhor Deus, eu sou um pecador perdido e por isso não posso fazer nada para pagar os meus pecados. Foi por isto que o teu Filho, Jesus Cristo, morreu na cruz: Para pagar todos os meus pecados com o sangue que derramou. Mesmo sem ter visto, pela fé, creio que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, ao terceiro dia da sua morte, em carne e ossos; está vivo no céu. Agora, eu abro o meu coração e te peço: Entre, agora, Senhor Jesus, no meu coração, perdoa todos os meus pecados, como perdoaste o ladrão que morreu na cruz ao teu lado; purifica-me com o teu sangue; livre-me da condenação eterna do fogo do inferno e dê-me, agora mesmo, o teu Espírito Santo para morar no meu coração para eu ter a certeza, agora, de morar no teu céu. Eu te recebo, agora, Senhor Jesus Cristo, como meu Único e TODO-SUFICIENTE Salvador e Senhor. Ó Deus! Eu te imploro, em nome do Senhor Jesus Cristo. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores