AMOR SEM A VERDADE NÃO É AMOR DE VERDADE! A VERDADE É A BASE DO AMOR!

quinta-feira, 24 de março de 2016

As Mulheres Estejam Caladas Nas Igrejas

As Mulheres Estejam Caladas Nas Igrejas

“Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.
As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.
E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.
Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós?
Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.
Mas, se alguém ignora isto, que ignore.”
I Coríntios 14:33 a 38

            De forma geral, as pessoas moldam suas vidas, e as de outros, de acordo com mudanças e costumes gerados pelas “indústrias de consumo”, tanto na esfera material quanto na comportamental e/ou espiritual.

            A princípio, a formação da personalidade do indivíduo pode estar diretamente ligada ao meio que este vive. Ninguém necessita ser um gênio para entender que muitos procedem de acordo com o que aprendem, sem, ao menos, confirmarem em fontes reconhecidamente sérias.         

Uma criança é capaz de, naturalmente, discernir se alguém é bom ou mau, se está fazendo o mal ou o bem. Dependendo do grau de confiança nos familiares, tendo em consideração o temor à estatura do adulto e sua incapacidade de defesa, até certa idade, a criança obedece aos responsáveis pela sua criação, ainda que reconheça haver alguma evidência de negatividade.

            Após alguns anos, já deslocado do ambiente habitual, cada ser humano passa a conhecer costumes, crenças e hábitos diversos. O exercício do livre arbítrio, de acordo com a personalidade formada, impele muitas pessoas a caminhos tortuosos, inversos aos ensinos de Deus. Infelizmente, estimulados por forças malignas, a grande maioria da população mundial age contrariamente aos ensinamentos do Criador.

            Para que conhecêssemos seus ensinamentos, Deus deixou registrado tudo o que quer que o homem saiba e faça com sabedoria, sem embaraços.

            Toda a Bíblia é inspirada por Deus:

II Timóteo 3:
16 Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça;
17 Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.
II Pedro 1:
20 Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.
21 Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.

Salmos 119:
140 A tua palavra é muito pura; portanto, o teu servo a ama.

Salmos 119:
160 A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre.

            Infelizmente, muitos, com intentos de defesa de algumas heresias, torcem a Palavra de Deus:

II Pedro 3:
16 Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição.
17 Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados, e descaiais da vossa firmeza;

            Considerando o estado de pecador de todo homem, mesmo o convertido, todos desobedecem, de alguma forma, alguns dos ensinamentos de Deus. A visível diferença do pecador convertido para o perdido está no reconhecimento, ou não, dos erros cometidos.

O salvo, normalmente, admite a sua culpa e pede a Deus forças para livrá-lo de algum tipo de comportamento condenado por Ele.

            Já o herege, ardilosamente, não só passa por cima dos textos sagrados, mas, também os ensinam erroneamente como sendo verdade.

            É bem verdade que muitos salvos, teimosamente, conscientemente ou não, insistem em proceder de forma adversa dos ensinos bíblicos.

            Hábitos e costumes mudam de geração em geração. A Palavra de Deus, porém, não muda. Foi inspirada pelo que tem o poder de enxergar o futuro eterno.

Será que Deus não teria sido capaz de ter conhecido, de antemão, os contextos socioculturais de cada época? Ele deixou registrado a sua vontade para todas as épocas. As leis do país são observadas de acordo com seus registros. Deve ser diferente com a Palavra de Deus?

- As vestimentas mudaram: Nos nossos dias, mulheres estão usando roupas tão coladas ao corpo que chegam a ser extremamente sensuais. Seria tido como “normal”, se isto ocorresse apenas com mulheres que não conhecem os escritos bíblicos;

- A forma dos filhos tratarem os pais mudou;

- O respeito que os alunos tinham com seus docentes mudou;

- A sensibilidade e compreensão com os idosos e pessoas especiais, mudou;

- O temor dos homens a Deus mudou;

- Etc. Etc. Etc.

            Muitas coisas foram e são modificadas pelo homem ao seu bel prazer. A Palavra de Deus, porém, é eterna, não pode nem deve, em hipótese alguma, ser alterada. A Palavra de Deus não muda! Foi escrita para todas as gerações, independente das transformações humanas. Deve ser consultada e observada exatamente como foi escrita, sem alterações. A Palavra de Deus não deve ser modificada de acordo com as mudanças de costumes ou crenças. Os costumes e crenças é que devem ser modificados de acordo com a Palavra de Deus, não o inverso. Há uma inversão de valores dos que professam obedecer aos ensinamentos bíblicos.         

            A Palavra de Deus, a Bíblia, não pode nem deve ser modificada ou interpretada de forma divergente e incoerente, de acordo com crendices pessoais:

Salmos 33:
11 O conselho do SENHOR permanece para sempre; os intentos do seu coração de geração em geração.

I Pedro 1:
23 Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre.

I Pedro 1:
21 E por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus;
22 Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro;
25 Mas a palavra do SENHOR permanece para sempre. E esta é a palavra que entre vós foi evangelizada.
           
            Alguns textos sagrados são, na verdade, de difícil compreensão. Outros porém, com uma simples leitura, são muito bem entendidos.

            É fato que as mulheres estão conquistando, com justiça, seu espaço no meio social e profissional de igualdade com o homem.

            O apóstolo Paulo escreveu, inspirado pelo Espírito Santo, o seguinte:

I Coríntios 11:
11 Todavia, nem o homem é sem a mulher, nem a mulher sem o homem, no SENHOR.
12 Porque, como a mulher provém do homem, assim também o homem provém da mulher, mas tudo vem de Deus.

            Com relação à vida conjugal, Deus, em sua Palavra, orienta ao homem e à mulher:

I Coríntios 11:
3 Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo.

Efésios 5:
22 Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao SENHOR;
23 Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.
24 De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos.
25 Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,
...
33 Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido.

Colossenses 3:
18 Vós, mulheres, estai sujeitas a vossos próprios maridos, como convém no Senhor.
19 Vós, maridos, amai a vossas mulheres, e não vos irriteis contra elas.

I Timóteo 2:
9 Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos,
10 Mas ( como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus ) com boas obras.
11 A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição.
12 Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio.

I Pedro 3:
1 SEMELHANTEMENTE, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra;
...
5 Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos;
...
7 Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus coerdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações.

            Com relação aos procedimentos das mulheres na igreja, a Palavra de Deus é bem clara:

I Coríntios 14:
33 Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.
34 As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.
35 E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.
36 Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós?
37 Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.
38 Mas, se alguém ignora isto, que ignore.    

Observação: O versículo 34, de I Coríntios 14:, não diznão cantem” nem “não orem”, mas “ESTEJAM CALADAS”, ou seja, NÃO FALEM, não dirijam a palavra, ou: NÃO DIRIJAM O CULTO, NÃO ENSINEM e NÃO PREGUEM. Isto NA IGREJA. Já os versículos 35 e 36 deixam claro que o versículo 34 se refere à pregação e ao ensino da Palavra de Deus.

            Porém, há outras coisas que as mulheres podem fazer:

Tito 2:
3 As mulheres idosas, semelhantemente, que sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras no bem;
4 Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos,
           
            Vale lembrar que o Senhor Jesus Cristo não escolheu uma só mulher para ser “apóstola”. Todos os apóstolos foram apenas homens. Apesar de haverem muitas mulheres fiéis na primeira igreja que o Senhor Jesus Cristo estabeleceu e nas demais igrejas neotestamentárias, não há, nos registros bíblicos, uma só mulher que tenha sido líder ou pregadora/mestra. O contrário. Os textos bíblicos são de facílima compreensão, neste assunto. Cabe a cada homem, líder ou não, e, principalmente, a MULHER, obedecerem.

“De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.”
Romanos 14:12

http://nivaldosalvo.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores